Curso de Ciência de Dados – O Que é, O Que Faz, Onde Estudar

Categorias: 2020 - Ciência de Dados - Cursos - Cursos superiores

Confira aqui mais detalhes sobre o Curso de Ciência de Dados.

Os profissionais formados no curso Ciência de Dados são responsáveis por converter diversos dados desestruturados em informações úteis e aproveitáveis para a produtividade de empresas. Além disso, esses profissionais resolvem possíveis erros ou problemas empresariais identificando soluções que beneficiam seu empregador.



Se você está pensando em seguir esse ramo, confira a seguir mais informações sobre o curso, suas disciplinas, mercado de trabalho, áreas de ocupações entre outros detalhes.

Sobre o Curso

A maior parte do conteúdo oferecido no curso de Ciência de Dados é da área de exatas e de tecnologias, tais como Matemática, Estatística e Computação. Entretanto, outra parcela é da área de Ciências Humanas. Isso porque o profissional precisa ser habilitado não apenas em meios técnicos de usar e organizar os dados, mas também em conhecimentos sociais para compreender as diversas formas que os usuários da internet manipulam a rede, para, assim, melhor converter dados em informações.

A formação apresenta as opções de aulas presenciais ou a distância (EaD), bem como duração de oito semestres, em média. Entretanto, por se tratar de um curso contemporâneo e recente, sua oferta é reduzida no país, sendo ofertado nas seguintes faculdades:



Presencial:

– Universidade de São Paulo (USP)
– Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)
– Fundação Getúlio Vargas (FGV)
– Universidade Paulista (Unip)
– Universidade Metodista de São Paulo
– Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix

A distância:

– Universidade Virtual de São Paulo (Univesp)
– Cruzeiro do Sul
– Uninter

Para ingressar nesse curso, o processo pode variar de acordo com o que a Instituição pede. Algumas das opções são os vestibulares próprios da faculdade ou, ainda, o Exame Nacional do Ensino Médio, mais conhecido como Enem. Além disso, vale ressaltar que uma exigência para realizar essa formação, é o candidato ter ensino médio completo.

Disciplinas do Curso

O conteúdo oferecido pode variar entre as instituições, mas, em geral, são abordadas as seguintes disciplinas: Ética, Leitura e Interpretação de Texto, Inglês, Matemática, Cálculo, Probabilidade, Ciências Sociais, Banco de Dados, Aprendizado da Máquina, Álgebra, Mineração de dados estruturados e desestruturados, Neuro Robótica, Programação, Computação da Nuvem, Inteligência Artificial, Gestão de Projetos, Marketing, Internet das Coisas, Otimização e Modelos de Negócios.

Áreas de atuação

De início, há centenas de empresas nacionais, as quais necessitam diariamente da internet para lidar com seus negócios. Entretanto, não é tão simples quanto parece lidar com milhares de dados bancários, estatísticos, financeiros, comerciais e empresariais. É aí que o profissional da área da Ciência de Dados entra: ele organiza, cria projetos de melhorias e transforma esses dados em informações diretas ao empregador, a fim de gerar cada vez mais lucro e produtividade ao negócio.

Por outro lado, empresas que não dependem da internet de forma direta, acabam precisando armazenar dados de qualquer forma, sendo os dados dos clientes – contas bancárias e pedidos de produtos – ou ainda, os dados dos funcionários – salários, aumentos e despesas. Dessa forma, mais uma vez o profissional da área se encaixa no quadro de gerenciar, organizar, analisar e coordenar todas as informações empresariais.

E, ainda, é possível encontrar vagas de emprego dessa área profissional em empresas tecnológicas, hospitais, escolas, faculdades, clínicas de saúde, mercado financeiro – trabalhando com bolsas de valores e afins – consultoria individual, órgãos públicos, área de pesquisa ou até de marketing. O salário desses profissionais pode variar de R$ 4.500 a mais de R$ 8 mil.

Funções específicas

Além do que foi citado, em geral, o cientista de dados trabalha utilizando algoritmos, analisando estatísticas, fazendo programações, bem como modelos de negócios e, até mesmo, com Inteligência Artificial.

Por fim, entende-se que a profissão do cientista de dados, faz-se cada vez mais necessária no mercado financeiro atual, principalmente devido ao crescente cenário tecnológico e uso de dados que, se não for muito bem organizado, pode atrapalhar a produtividade, bem como o crescimento de uma empresa. Além disso, a área conta com uma enorme empregabilidade que garante diversas opções de emprego pelo mundo inteiro.

Texto de: Larissa Fonseca



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *