Dentista – Surgimento e informações sobre a profissão

Categorias: Cursos - Informações - Odontologia - Profissão



A profissão de Dentista tem destaque desde a Grécia antiga onde há relatos históricos de pessoas com dores de dentes e o responsável para sanar essas dores existentes eram os chamados barbeiros. Com o passar das décadas essa profissão esteve muito ligada com grande profundidade à medicina, e apenas no século XVIII, é que essas duas profissões foram diferenciadas e podendo a Odontologia aprofunda-se nos estudos e especializações e surgindo faculdades para os interessados nessa área.

O curso tem duração de 5 anos, contando que nos últimos períodos é realizado o estágio obrigatório com o monitoramento dos professores responsáveis para a execução dos procedimentos. A maioria dos estudantes de Odontologia descobrem a área que querem seguir a partir do estágio proporcionando na própria faculdade onde o aluno tem de fato o contato com a prática que o deixa preparado para situações encontradas depois do término do curso.

Aquela velha ideia que dentista é o que apenas arranca os dentes é de fato ultrapassada, podendo hoje em dia se especializar nas mais variadas áreas como é o caso restauração de dentes, a parte de próteses, implantes dentários, endodontia, etc. Essas especializações somente trazem benefícios para os pacientes, que terão tratamentos menos dolorosos, mais rápidos, e com melhores resultados. A maioria dos formados nas áreas atua em clínicas particulares ou em Prefeituras onde esse serviço é gratuito disponibilizando Às pessoas que não tenham condições do tratamento a realizarem de forma eficiente.

A partir do demonstrado é natural que passemos a perceber que trata-se de um linda profissão, pois não basta somente a preocupação em reparar um dente, ou arrancar, e sim cuidar de tudo que engloba a face, trazendo para as pessoas que procuram esses profissionais uma maior segurança e autoestima para encarar a vida sobre uma nova ótica. Ao torna-se um profissional dessa área não deve ter em mente somente a finalidade de execução do bom serviço, mas também a delicadeza de perceber que terá uma participação fundamental na mudança de vida da pessoa que receberá o tratamento.



Por Luciana Viturino



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *