Farmácia – Curso, Profissão, Mercado de Trabalho e Salário

Categorias: 2020 - Carreira - Carreiras - Farmácia

Confira aqui todos os detalhes sobre o curso de farmácia e a carreira na área.



Novo curso de cinco anos tem por meta a capacitação de profissionais farmacêuticos, destinados à atuação nas diferentes áreas desta disicplina.

O setor de Farmácia constitui área de formação acadêmica na qual atua o farmacêutico, ou o profissional munido de vasto e precisos conhecimentos em química e biologia, trabalham em estudos e pesquisas, no desenvolvimento, testes e orientações sobre o processo de fabricação de produtos importantes, tais como: os medicamentos, os cosméticos, os produtos de higiene, os alimentos industrializados, entre outros.

A história dessa profissão no Brasil é muito antiga. No entanto, a farmácia levou um tempo para ser regulamentada em solo brasileiro. De início, os profissionais em farmácia, aqui, atuavam dentro de Boticas, como eram denominados, sendo reconhecida como instituição comercial oficial, dentro dos padrões de segurança, a partir do ano de 1640. Diferentemente dos atuais farmacêuticos, os antigos boticários não eram formados por estudos específicos, na manipulação das substâncias químicas e das substâncias farmacológicas, apesar de fabricarem e venderem tais produtos.

Oficialmente, o primeiro curso de Farmácia no Brasil foi realizado no ano de 1824. O curso, propriamente dito, foi consolidado em 1825, a partir a fundação da Faculdade de Farmácia, pertencente à Universidade do Rio de Janeiro, hoje UFRJ. Antes dessa data, a área de Farmácia era exclusiva da graduação em curso de Medicina.



Sobre a Faculdade de Farmácia:

Atualmente o curso de Farmácia tem duração oficial de cinco anos. As pessoas interessadas precisam demonstrar muita afinidade por Biologia e por Química, que constituem a base dessa disciplina, como ciência. Estas duas ciências são fundamentais para todo estudante de farmácia.

Outros atributos exigidos dos estudantes dessa formação acadêmica: apresentar o gosto e dedicação incansável para a pesquisa; ser paciente em relação a todas as fases que compreendem os projetos científicos, que demandam muito tempo de pesquisa, análise e testes; não ser avesso às substâncias e demais fluídos corporais, a vocação é científica, aqui.

Abaixo segue uma relação essencial das disciplinas específicas que compõem o curso de Farmácia:

Área de Farmácia Hospitalar; área de Homeopatia; área de Farmacotécnica; área de Farmacodinâmica; área de Genética e Citogenética; área de Imunologia; setor de Epidemiologia e de Saúde Pública; departamento de Controle da qualidade físico-químico e setor de Bioquímica, que compreende a estrutural, a farmacêutica e a molecular; a clínica e a metabólica.

Todas as matérias lecionadas em sala de aula, bem como os estágios, são meios capazes de auxiliar e conduzir cada estudante na opção da área de atuação que melhor se enquadre em seu perfil, nesse mercado de trabalho.

É fato que o mercado de trabalho para o profissional farmacêutico é muito amplo, no Brasil, dado que esses profissionais são muito requisitados nos laboratórios, para trabalhos de análises clínicas e de manipulação; para as indústrias farmacêuticas, em pesquisa e produção; para atuação nas drogarias, setor de venda e de auxílio ao consumidor/cliente.

Abaixo segue a relação de campos de trabalho:

Setor de Farmácia clínica; setor de farmácia comunitária; setor de dispensação de medicamentos; de homeopática; de dermatológica; setor hospitalar; setor industrial; em instituição pública; na área de veterinária; na área nuclear, entre outras;

No setor de Fitoterapia; de Homeopatia; de Imunopatologia; de Imunologia Clínica; de Hemoterapia; de Gerenciamento sobre os resíduos dos serviços da saúde; setor de Genética humana; de Análises clínicas.

Em setores como os bancos de sangue, de sêmen, de órgãos, de leite materno, de cordão umbilical;

Na área de atuação domiciliar por meio de equipes multidisciplinares.

Todo profissional farmacêutico brasileiro conta com médias salariais que chegam a três mil reais, conforme dados atualizados da agência empregatícia Catho.

Paulo Henrique dos Santos



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *