FIES 2017 – Prazo para Renovação de Contratos

Categorias: 2017 - Fies - Financiamento Estudantil

FNDE define data para o início do prazo de renovação dos contratos do FIES para 2017.



Se você é estudante universitário e faz parte do Programa de Financiamento Estudantil, o Fies, fique atento, pois a partir de segunda-feira, dia 16 de janeiro, será aberto o sistema do Fies para que os alunos já participantes façam a renovação de seus dados e assim garantir mais um ano de estudos financiados.

A informação de validação de dados no Fies foi anunciada na tarde da última segunda-feira, dia 09 de janeira, pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, o FNDE.

De acordo com o anúncio do FNDE, aqueles estudantes que já possuem contratos em atividade com o Fundo de Financiamento devem iniciar o seu processo de validação de dados no sistema do programa, para que assim os contratos já existentes sejam renovados e esses alunos possam continuar a estudar por mais um ano, fazendo parte do programa de financiamento.

A renovação desses dados é um passo importantíssimo para os alunos que já estão dentro do programa, por isso, em hipótese alguma o estudante deve deixar de validar seus dados no portal do Fies.



Em casos em que o estudante universitário que tem os estudos garantidos pelo Fies não faz essa validação de dados, ele pode ter o seu contrato com a instituição de ensino superior cancelado pelo Fies, perdendo essa oportunidade.

A FIES disponibiliza um portal chamado SisFies, onde os estudantes podem acessar e renovar o seu cadastro.

Essa validação de dados, que deve ter início na próxima segunda, é referente ao segundo semestre desse ano de 2017, já que a validação de dados para o primeiro semestre já aconteceu ano passado.

Nesse sentido, o portal SisFies ficará aberto para acesso até o dia 30 do mês de abril.

A abertura do portal para os estudantes acontece uma semana depois da abertura para as instituições de ensino superior também renovarem seus contratos inicialmente.

O Fies é um programa que foi criado pelo Ministério da Educação, voltado para o financiamento de cursos de nível superior para jovens que estejam matriculados em instituições privadas. Desde que foi criado, o programa já formou milhares de alunos que não possuíam condições de pagar seu curso e após formados e inseridos no mercado de trabalho, conquistaram essa condição.

Sirlene Montes



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *