Mediotec – Programa de Ensino Técnico para Estudantes do Ensino Médio

Conheça aqui mais sobre o Mediotec – Programa de Ensino Técnico para Estudantes do Ensino Médio.

Nesta terça-feira (20), Mendonça Filho, Ministro da Educação do Brasil, anunciou a criação de dois novos programas direcionados para o ensino médio oferecido pela rede pública. O primeiro é o Mediotec e o segundo o Programa de Fomento à Escola em Tempo Integral. De acordo com as informações divulgadas sobre esses programas, eles devem receber juntos uma cifra de R$ 850 milhões vindos de fundos do Estado. O lançamento dos programas ocorreu em uma cerimônia que aconteceu no Palácio do Planalto. O evento teve ainda a participação do presidente Michel Temer e do governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB).

O Mediotec irá disponibilizar cursos de nível técnico e profissionalizantes para os jovens alunos de ensino médio. A previsão é de que seja possível disponibilizar 82 mil vagas já para os primeiros meses de 2017.

Segundo as informações divulgadas até o momento, o governo deverá fazer um repasse na faixa de R$700 milhões prevista para o início de 2017. De acordo com Mendonça Filho, esses recursos já estão sendo trabalhados pelo MEC.

A ideia principal envolvida no Mediatec é que também e ainda no decorrer da realização do curso técnico os alunos possam fazer estágios em empresas previamente mapeadas.

No caso do programa de escola integral, o que está envolvido é a intenção de que sejam oferecidas 520 mil matrículas. Essas vagas serão disponibilizadas por meio de editais. A previsão é de que o primeiro edital já ofereça 263 mil vagas enquanto que o segundo conte com 257 mil.

Por sua vez, e ainda sobre este ponto, o MEC tem a intenção de efetuar um repasse no total de R$ 1,5 bilhões para este programa. O objetivo é que sejam criadas 500 mil novas oportunidades de tempo integral que deverão ser implementadas pelos estados no decorrer dos próximos anos.

É interessante observar que os governos estaduais precisam aderir ao programa. Entretanto, não é descartado em nenhum caso o foco do programa que, aqui, é concentrado em escolas e regiões que apontem índices muito baixos de desenvolvimento sociodemográfico bem como uma maior vulnerabilidade social.

Mendonça Filho também diz que medidas voltadas para a melhoria do ensino infantil e do fundamental estão sendo previstas para 2017. Neste caso, as prefeituras também seriam solicitadas a participar.

Por Denisson Soares

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *