Prazo para renovar o contrato do FIES

Categorias: Estudantes - Fies - Maio de 2015 - Universidades

Prazo foi prorrogado até o dia 29 de maio para a renovação dos contratos do FIES.



O Ministério da Educação e Cultura – MEC – anunciou na última quinta-feira (23), as prorrogações para a renovação de contratos do FIES. O prazo, que era até 30 de abril, foi prorrogado até o dia 29 de maio.

É importante lembrar que esse novo prazo é para os alunos que já têm o financiamento pelo  FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) e que precisam apenas renovar, para as novas adesões, o prazo continua sendo 30 de abril. A decisão, segundo m MEC, foi tomada em conjunto com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, e que essa ação é para que os alunos que ainda tentam aditar seus contratos no sistema, tenham mais segurança e mais tranquilidade.

De acordo com o último balanço, anterior a 23 de abril, de 1,9 milhão de contratos que precisavam ser renovados, apenas 1,6 milhão havia sido aditado até então – faltava ainda a renovação de 296 mil contratos. De acordo com o ministro da Educação, Renato Janine, estudantes relataram dificuldades em acessar o sistema, mas que a pasta trabalhava para garantir o funcionamento do sistema, para que todos consigam aditar suas renovações.

As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União, na segunda-feira (27), quando o novo prazo passou a valer. Além da renovação semestral dos contratos de financiamento, a prorrogação também contempla os casos de transferência integral de curso, de instituição de ensino ou de solicitação para dilatação do prazo de financiamento (tudo relacionado ao primeiro semestre de 2015). É também válido para o aditamento de suspensão temporária, referente ao período do segundo semestre de 2013 e ao primeiro e segundo semestres do ano de 2014.



Onde fazer os aditamentos:

Devem ser feitos pelo SisFies, que é o Sistema Informatizado do Fies, que se encontra disponível nos seguintes endereços: www.mec.gov.br e www.fnde.gov.br, os sites do Ministério da Educação e do Fundo de Desenvolvimento da Educação, respectivamente.

Por Elia Macedo



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *