Prouni 2017 – Inscrições para Bolsas Remanescentes – 2º Semestre 2017

Categorias: Bolsas de estudo - Fies - MEC

Saiba aqui mais detalhes sobre as inscrições para bolsas remanescentes do Prouni 2017/2.

Se você perdeu o período de inscrições no Programa Universidade para Todos da última edição de 2017, o MEC abriu mais um período de inscrições, desta vez para as bolsas remanescentes da segunda edição do programa. As inscrições, que foram abertas na última segunda-feira, dia 31 do mês de julho, terminam no dia 25 do mês de agosto e podem ser realizadas somente via internet, por meio do endereço http://prouniremanescentes.mec.gov.br/. Não deixe para a última hora, faça a sua inscrição.



O MEC comunica que os estudantes que ainda não estejam frequentando cursos de graduação e que desejam realizar com ajuda do ProUni realizem suas inscrições no programa até o dia 25 de agosto. Todavia, para quem já está matriculado em curso de graduação, as inscrições podem ser realizadas até a data do dia 30 do mês de outubro.

De acordo com as informações do Ministério da Educação, neste ano de 2017 foram disponibilizadas o total de 147.492 vagas, sendo que desse montante 52% não foram preenchidas, o que corresponde a 77 mil bolsas que se tornaram remanescentes para o segundo semestre de 2017.

Se você ainda não conhece o ProUni (Programa Universidade para Todos),saiba que ele é um programa criado pelo Ministério da Educação no ano de 2014, com o objetivo principal de conceder bolsas de estudo em universidades que pertencem ao setor privado, podendo estas ser integrais ou parciais.



Quem pode se inscrever no Programa Universidade para Todos?

O programa é voltado para estudantes que não possuam nenhum diploma em curso de nível superior e que tenham realizado o Exame Nacional do Ensino Médio, na edição do ano de 2016. Sendo necessário que o candidato tenha obtido uma nota igual ou superior a 450 pontos no Enem, além de não ter zerado a Redação.

Outro quesito importante está relacionado a renda familiar do candidato. Segundo os critérios do programa, o candidato precisa possuir uma renda bruta familiar per capita de no máximo um salário e meio, considerando o salário mínimo brasileiro. Esse critério é válido para bolsas de 100% do valor do curso.

Já para bolsas de 50%, em que o aluno paga a metade, a renda familiar bruta per capita pode ser de até três salários mínimos mensais.

Além disso, o candidato precisa possuir ensino médio completo que tenha sido cursado em escolas da rede pública de ensino ou que o tenham cursado em escolas particulares na condição de bolsistas.

As bolsas do ProUni também são voltadas para pessoas com deficiências ou professores da rede pública de ensino, que estejam em exercício de suas profissões, que podem concorrer a bolsas em cursos de licenciatura como Normal Superior ou Pedagogia, não sendo necessário a comprovação de renda mensal.

Nesse sentido, os interessados em conseguir uma vaga em um curso universitário de Universidades Privadas (que estejam inscritas no Programa), em que possam se graduar com a ajuda de bolsas de estudos, sendo elas parciais ou totais, a recomendação é de que a inscrição não seja realizada na última hora, considerando o fato da possibilidade de uma lentidão ou travamento do sistema, em decorrência de muitos acessos.

Ainda não existem informações oficiais sobre a data em que o resultado será publicado. Tampouco o prazo para apresentação e documentação comprovatória de informações prestadas na inscrição. Contudo, após o encerramento das inscrições o MEC deve se manifestar através do site do Programa.

Se você é jovem e desenha construir uma carreira de sucesso em alguma profissão, não perca essa oportunidade.

O ProUni desde a sua criação já formou milhares de jovens em renomadas Universidades que oferecem formações de qualidade, possibilitando a esses novos profissionais um futuro com garantias de qualidade, contribuindo assim para o desenvolvimento profissional e pessoal de cada um, sem falar do desenvolvimento do país, que só tende a crescer com o aumento de profissionais graduados.

Sirlene Montes



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *