Unicamp beneficia 4.566 candidatos com isenção de taxa no Vestibular 2015

Categorias: 2015 - Inscrições em breve - Taxa de inscrição - Unicamp - Vestibular 2015



A Comvest, Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp, irá beneficiar mais de 4.500 vestibulandos com a isenção de pagamento da taxa de inscrição para realizar o vestibular Unicamp 2015. No ano anterior, foram pouco mais de 4 mil candidatos beneficiados com essa isenção.

Os candidatos contemplados deverão consultar no site http://www.comvest.unicamp.br/vest2015/isencao/contemplados.html a lista com os nomes e o código de isenção, utilizado para realizar a inscrição sem pagar a taxa de R$ 140,00.

Os candidatos que cadastraram o número de celular para receber informações via SMS, receberão um aviso por mensagem contendo o código de isento.

As inscrições para o vestibular poderão ser realizadas entre os dias 11 de agosto e 11 de setembro, apenas pela internet. O prazo para o pedido de isenção encerrou no mês de maio.



Foram oferecidas três modalidades diferentes de isenção: 1 – para estudantes que cursaram o nível fundamental e médio em escolas públicas e são provenientes de famílias de baixa renda; 2 – funcionários da Unicamp/ Funcamp; 3 – Candidatos aos cursos de Licenciatura para o período noturno (Matemática, Pedagogia, Física, Química, Letras e Ciências Biológicas) que realizaram o ensino médio e fundamental em escolas públicas.

Na modalidade 1 foram beneficiados 3.834, na modalidade 2 foram 10 candidatos e na 3 outros 722 candidatos.

Vale lembrar que as pessoas isentas do pagamento não estão automaticamente inscritas no vestibular. A inscrição deve ser feita no mesmo período que os outros candidatos.

A isenção do Vestibular Nacional da Unicamp faz parte do Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social, que também prevê a possibilidade de somar pontos adicionais na nota final dos estudantes que cursaram o ensino médio em escola pública.

Os estudantes que optarem por essa opção recebem 60 pontos a mais na segunda fase, no caso de terem estudado em escolas públicas, e 20 pontos no caso de pretos, pardos e indígenas que também tenham estudado em escola pública. 

Por Jéssica Posenato



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Posting....