Vestibular da Fuvest terá Cotas Raciais e de Escola Pública

Categorias: Cotas - Cotistas - FUVEST - Vestibular

FUVEST agora dividirá vagas com participantes do ENEM e dará espaço para cotistas.

Depois de mais de um século de tradição, a renomada Universidade de São Paulo – USP confirmou a aprovação da política acerca da presença de cotistas no ingresso dos cursos ofertados pelas instituições.



No fim do mês de junho, o órgão de maior nível hierárquico da USP, o Conselho Universitário, decidiu aprovar o uso do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que por sua vez, utiliza-se da nota do Exame Nacional do Ensino Médio para realizar a seleção de estudantes, informações essas confirmadas pela direção da USP.

Ao todo, são 11.147 vagas para ensino superior, dentre essas, 24,6 serão destinadas à estudantes que desejem ingressar via Enem/Sisu, enquanto as demais, representadas por 75,4 das vagas, serão disputadas via Fuvest, como de costume. Contudo, a proposta da inclusão de cotas prevê que cada curso tem restrição de vagas a serem ofertadas pelo Sisu, ou seja, apenas 30% das oportunidades podem ser destinadas a esse tipo de ingresso nos cursos. Para manter o cumprimento dessa determinação, a USP deve, então, reservar as vagas da Fuvest.

A meta original da Universidade era que em 2018 pelo menos metade dos aprovados na prova da instituição fossem provenientes de escola pública. Esse ano (2017) a porcentagem alcançou a marca de 36,9. A USP, a fim de cumprir a meta, mesmo tendo sido adiada para 2021, traçou planos anuais. Para o ano que vem (2018) a meta é manter os 36,9%, enquanto que para 2019 a meta sobe para 40%. Em 2020, o objetivo é que pelo menos 45% dos calouros sejam da rede pública para enfim, em 2021, as unidades alcancem os 50%.



O desafio é que cada unidade tenha uma porcentagem diferente de aprovados que vêm da rede pública, uma possui porcentagem de 50, enquanto outra está com 13 ou 40, por exemplo, portanto, nivelar têm significados diferentes para cada local.

Quem pretende prestar USP agora têm mais um meio, inclusive em cursos super concorridos como Medicina, que das 175 vagas, está destinando 50 para Enem e também fazendo uso de cotas para a seleção.

Carolina B.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *